Real Irmandade de NSSSS

Legados Pios e Missas Estatutárias

A nossa Irmandade, tal como outras Confrarias e Irmandades antigas, tem deveres específicos a cumprir no âmbito do culto, previstos nos estatutos e no respeito dos designados Legados Pios.

Os Legados Pios eram um bem ou uma quantia em dinheiro outorgado por disposição testamentária a uma instituição, em resultado da devoção ou piedade do testador, tendo como finalidade a salvação da sua alma. Desde o período medieval que os legados pios se concretizavam através de missas e sufrágios a rezar pela alma do defunto, dotes a órfãs (laicos e eclesiásticos), concessão de esmolas a particulares e instituições e donativos para o resgate de cativos, entre outras modalidades.

No caso da Real Irmandade de Nossa Senhora da Saúde e de São Sebastião, temos o dever de cumprir os Legados Pios instituídos pelo General António Florêncio de Sousa Pinto e por D.ª Balbina dos Reis Pinto. Assim são realizados todos os anos as seguintes missas:

    • Missa por alma do General Antonio Sousa Pinto (em 18 de fevereiro);
    • Missa por alma da mãe e da irmã do General Sousa Pinto (dia 22 de março);
    • Missa por alma dos dois irmãos do General Sousa Pinto (em novembro).

 

Relativamente aos Legados de D.ª Balbina:

    • Duas Missas por alma de D.ª Balbina Reis Pinto (uma na Capela e outra no Lar de Cegos de Nossa Senhora da Saúde (junho).

 

Relativamente a Missas Estatutárias, são celebradas anualmente:

    • a 20 de janeiro, ao mártir São Sebastião;
    • a 13 de junho, a Santo António;
    • no último domingo de julho, a Santa Ana;
    • a 15 de agosto, a Nossa Senhora da Saúde;
    • a 4 de dezembro, a Santa Bárbara.

152visitas total,1visitas hoje