A pandemia da COVID-19 foi extremamente difícil para os idosos residentes em lares pelo isolamento obrigatório e pelos constantes sentimentos de ansiedade e medo gerados pela incerteza de algo novo. O isolamento levou a uma diminuição drástica da atividade física realizada pelos idosos por estarem confinados aos seus quartos, e a falta de interação social e diminuição da estimulação cognitiva desencadeou uma rápida acentuação de défices.
Agora é tempo de voltar ao ativo e, acima de tudo, promover a socialização e renovar a vontade de participar. Entre jogos e pinturas, estimulação cognitiva e sopas de letras, as tardes são recheadas de atividades que estimulam a motricidade fina, a concentração e acima de tudo, a alegria.😊

1747visitas total,26visitas hoje